PUBLICIDADE:

ComunicArt

Pensando em fazer uma cobertura diferente do Festival de Teatro de Curitiba, desenvolvemos crônicas dos espetáculos vistos pela equipe. Uma forma de passar um pouco dessa magia transmitida pela peça e deixar os leitores com vontade de assistir.

Nós comunicadores somos alvos de um texto, complexo, visceral, direto e cheio de bifurcações para um só sentido. O poder da comunicação dita em ações e exemplificações permeadas de personagens, os quais são refém de um conceito que a própria peça denomina como “Lavagem Cerebral”.

Nós comunicadores, somos os responsáveis pelo caminho ou percurso em que a informação passa. Nós comunicadores, carregamos o fardo de sermos responsáveis por ser fiel ao fato. Nós comunicadores, somos ditos como responsáveis pela manipulação da mensagem. Nós comunicadores, somos responsáveis pela própria alienação, do certo ou do errado. Nós comunicadores, somos responsáveis por manter, equilibrar e estabilizar o mundo e as pessoas. Nós comunicadores, somos os formadores de opinião.

É um processo onde a plateia está no palco, e o que o separa dos atores são pequenos tablados, que separadamente os distribuem em cena. Cena essa que muitas vezes transgride o limite territorial, colocando a interpretação no meio do público, o limite do pudor, em um texto lindo relatando como nós estamos nus dentro do processo evolutivo da comunicação comparado ao próprio ator que está ali, nu, despido de suas vestes para chocar quem está a sua volta.

Este na verdade é o grande objetivo da peça, mostrar o poder da comunicação e fazer ser entendido com ações e palavras, as quais agridem e despertam a essência da consciência, retirando você, um mero espectador, para se tornar um ser vivo e assim quebrar o ciclo do sistema.

Ao final, foram-se alguns minutos de aplausos e muitas horas de discernimento para conseguir digerir todo aquele incrível conteúdo. Uma peça que se fez honrada, por puro merecimento diga-se de passagem, com a presença de Sérgio Mamberti, como espectador.

Ficha Técnica da Peça:
Texto: Matéi Visniec
Direção: Marcio Meirelles
Direção de elenco: Bertho Filho
Música: João Milet Meirelles
Vídeo: Apoena Serrat, Maise Xavier, Bertho Filho, Rafael Grilo e Franklin Alburqueque
Figurino: Giza Vasconcelos
Maquiagem: Luiz Santana
Coordenação de Produção: Zeca de Abreu
Elenco: Neyde Moura (em vídeo), Anita Bueno, Sonia Robatto, Zeca de Abreu, Franklim Alburqueque, Claudio Varela, Roberto Nascimento, Tiago Querino, Vinicius Bustani e Yan Britto
Locução em vídeos: Bertho Filho, Fernando Fulco, Neide Moura e Will Brandão
Duração: 100 min.

Você pode gostar desta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



PUBLICIDADE:
Parceiros