PUBLICIDADE:

ComunicArt

cachorro-cao-cognicao-latido-size-598

Quem não se apaixonaria ao ver essa carinha?

Para ajudar na adoção de cães abandonados, a Social Tees com parceria com os trainees do programa The Barn da BBH, cria uma campanha onde são criados perfis caninos no aplicativo Tinder, ajudando os cachorrinhos sem dono encontrarem um lar.

Vilma-Tinder

A Cachorrinha Vilma, por exemplo, era descrita como tendo 26 anos, ainda que essa fofurinha tenha apenas 9 semanas de vida.

Por mais que a estratégia de invadir o Tinder para mostrar cãezinhos abandonados que possam “combinar” com o perfil de quem está em busca de um novo amor tenha uma boa intenção, nem todos os usuários do aplicativo entenderam. Muita gente usou o Twitter para reclamar da ação, pois não gostou de encontrar como sugestão de “par ideal” um cachorro.

Agradando a todos ou não, até o momento a ação teve um resultado bem surpreendente, em apenas 24 horas, mais de 1.500 perfis de cãezinhos foram marcados como “match”, e um deles já até conseguiu encontrar um lar.

Segundo o Brainstorm 9, no Brasil a mesma estratégia é utilizada pela MatchDog, criada pelo estudante de publicidade Ian Hartz, de 25 anos, em parceria com a ONG Adote um Focinho. Através da ideia de Ian, cachorros em busca de uma família ganham perfis no Tinder para tentar conquistar corações de possíveis futuros donos. O MatchDog foi criado no início de julho, e no primeiro mês de existência já conquistou mais de 1 mil matches e 2 cachorrinhos foram adotados. Atualmente, os perfis são mostrados para quem busca por pessoas da Grande São Paulo no Tinder, mas há planos de expandir para mais três estados.

Fontes: Brainstorm 9

Sobre Êmilly Lehmkuhl

Visualizar todos os posts

Catarinense e estudante de Publicidade. Além de extremamente perfeccionista. Atualmente é atendimento na Agência Casa.

Você pode gostar desta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



PUBLICIDADE:
Parceiros