PUBLICIDADE:

ComunicArt

Mesmo quando ainda está de dia, alguns cômodos de nossos lares não recebem a presença da luz do sol, e isso acontece por conta de barreiras simples, como portas e paredes. Visando contornar esse problema, a startup californiana Solenica arregaçou as mangas para dar vida à Lucy: um espelho que gira autonomamente seguindo a luz do sol para iluminar ambientes internos.

O dispositivo conta com design moderno e um espelho giratório embarcado em uma estrutura esférica de vidro, que detecta focos de raios solares e reflete luz para onde o usuário desejar. Vale ressaltar também que o equipamento é movido à energia solar e dispensa o uso de tomadas – o que com certeza é benéfico para o bolso de muita gente.

Lucy pode redirecionar até 7 mil lúmens, dependendo da localização. A título de curiosidade, uma sala com aproximadamente 25 metros quadrados precisa de 5 mil lúmens para ter uma iluminação adequada. Esse número equivale ao poder de fogo oferecido por três lâmpadas de 100 watts. Portanto, pode-se concluir que a qualidade de iluminação que o equipamento oferece é satisfatória.

solenica-lucy-sun-light-designboom-02-818x253

O projeto foi idealizado por Diva Tommei, CEO da Solenica, em parceria com outros profissionais, para auxiliar na qualidade de vida e bem-estar de pessoas que vivem em países com baixa incidência de luz solar em determinados períodos do ano, como no inverno e outono, por exemplo. Lucy já está disponível em pré-venda. Com US$ 199 mais custos de frete, é possível fazer a reserva do dispositivo, que tem data de distribuição prevista para 2016.

Sobre Fabrício Calixto

Visualizar todos os posts

Ex-estudante de Jogos Digitais e atual aspirante a Jornalista, é viciado em games, tecnologia e cultura pop em geral.

Você pode gostar desta



PUBLICIDADE:
Parceiros