PUBLICIDADE:

ComunicArt

190a3f27072373.567487cdb548e

 

Começamos 2016 com uma matéria que será uma das novidades do ano, uma entrevista muito legal com o publicitário e designer freelancer Maycon Prasniewski. Ele é o nome por trás das belas ilustrações que fazem parte das peças da Baggio Imóveis. Seu trabalho transite entre a paleta romântica e o estilo moderno das formas e traços.


[ComunicArt] Conte-nos um pouco sobre seu caminho profissional e artístico.

Publicitário por formação, designer gráfico por profissão e ilustrador por consequência. Descobri no meu primeiro emprego aos 14 anos em meio aos papéis que iam e vinham com a “aprovação da arte” em minha mochila a existência do termo Design, palavra essa que ajudou a decidir que rumo seguiria minha vida profissional, me fazendo querer trocar as tardes indo e vindo em cima da bicicleta, por uma mesa, um computador e a liberdade de “poder desenhar no trabalho.

 

993fa727072373.566834d88ce65

[ComunicArt] Como funciona seu processo criativo para a criação dos seus materiais? Você se inspira no trabalho de algum artista?

Meu processo criativo sempre começa com papel e lápis, somente depois de ter a ideia formada e um primeiro esboço concluído passo para a parte digital, sempre tento buscar inspirações visuais na arte clássica e nomes como Andrew Loomis e Norman Rockwell sempre estão nos meus painéis inspirativos e referências conceituais sempre busco no contexto que envolve o próprio projeto (tema / público / cultura local e afins…).

 

adfa9527072373.56686bc50ba9f

[ComunicArt] Se Monet vivesse hoje e trabalhasse com design, sinto que o estilo dele seria muito semelhante ao seu. A paleta de cores e como as formas são apresentadas transmitem um ar muito romântico e belo nas peças, isso estava no briefing ou é fruto de uma relação de amor com a cidade?

Na realidade o briefing era sucinto: Ilustrar pontos da cidade. O resultado final surgiu da minha vontade de exatamente poder explorar mais a paleta de cores, certamente Monet, Corot e Turner foram as principais referências que tive para este projeto, porém de forma alguma cito alguma comparação com o trabalho deles, os coloco sim, como grandes fontes de inspiração para qualquer profissional que deseja entender mais sobre cores, principalmente.

 

afeb2727072373.56684dc93790a

[ComunicArt] Houve algum tipo de sketch antes da execução deste trabalho? Se houve, qual a importância desse processo para a arte final?

Sim, todas as ilustrações ganharam formas no papel, o que julgo essencial, a possibilidade do traço livre, das experimentações sem preocupar-se com a perfeição das formas faz com que toda a atenção esteja ligada a composição da cena no primeiro momento, o que no fim passa mais harmonia no trabalho

affac127072373.566871f9d8f4c

[ComunicArt] Os posters de Curitiba são de um nível muito bem trabalhado e autêntico, pretende seguir outros trabalhos do mesmo estilo?

Claro, pretendo sim! Sempre quando tenho oportunidade tento sair um pouco da rotina que nossa área emprega, realizar estes projetos mais conceituais acaba por nos dar mais motivação para seguir enfrentando as rotinas que nossa área emprega.

e3124027072373.566879ca1b32f

[ComunicArt] Quem trabalha com publicidade sabe que muitas vezes os clientes pedem refações. Houve algum tipo muito drástico de modificação no trabalho? Se ocorreu, você acredita que essas mudanças podem limitar o trabalho de outros artistas assim como o seu?

Neste caso não houve pedido de alterações, mas como sabemos na nossa rotina sempre existe, o que acredito ser normal, você apresenta uma ideia, o cliente dá sua contra-partida e por fim define-se o resultado, em alguns casos isto acaba estendendo por repetições deste processo: Expor a ideia / Receber Feedback / Chegar ao consenso, nos meus casos, o que consegui perceber nestas ocasiões era de que, partes anteriores a criação foram deixadas incompletas, como o briefing e contrato bem esclarecido por exemplo.

7f722e27072373.5668583c666e3

[ComunicArt] Por último, como planeja seu futuro no caminho das artes?

Meu objetivo por hora, é seguir na carreira de freelancer que me aventurei no começo de 2015, não tenho nada planejado à longo prazo.
😀

8cb61a27072373.56687ed49936c

50da4827072373.5666d2ede9014

56befd27072373.566861694abc9

79feff27072373.5668309b2abcb

81f61d27072373.5665cf6bca1f2

121a7127072373.566832f960377

Veja mais trabalhos de Maycon no Behance.

Sobre Marcos Calomeno

Visualizar todos os posts

Apaixonado por desenho desde criança, sempre investiu em seu lado criativo, dentro de pouco descobriu que fotografia seria sua amante. Dividido entre fotografia e desenho, estuda publicidade na PUC e trabalha com freelas de fotografia e design.

Você pode gostar desta



PUBLICIDADE:
Parceiros